Apresentação

Umbandaime Matriz apresenta um acervo que compõe uma coletânea de cânticos (pontos e hinos) e mensagens, que expressam um estudo de 20 anos dentro da prática do sincretismo entre a Linha de Umbanda e a Doutrina do Santo Daime, seguida pela corrente de fiéis vinculada ao Céu do Mapiá. O acervo compõe o caderno de textos e os áudios.

Este trabalho representa a realização de uma tarefa que nos foi legada pelo Padrinho Sebastião, pessoalmente, no ano de 1989.

É, portanto, com profundo agradecimento que chegamos a este ponto do trabalho, compreendendo a importante responsabilidade que ele constitui, na medida em que formaliza o registro da formatação do alinhamento ritualístico, que ancora esta aliança espiritual.

Reverenciamos aqui os dois pilares desta aliança: o Padrinho Sebastião e o Caboclo Tupinambá junto com a Mãe Baixinha. Através deles, esta união foi ancorada, e seu benefício espiritual foi firmado e consagrado.   

De um lado, aquele seguimento da doutrina do Santo Daime, em sua sede matriz – o Céu do Mapiá, recebeu a Umbanda e integrou seus ensinamentos e práticas de caridade, através do alinhamento das entidades dentro de sua ritualística, na guarda do Arcanjo São Miguel. Por outro lado, aquele seguimento da Umbanda, na casa do Caboclo Tupinambá / Mãe Baixinha – a Flor da Montanha, recebeu e integrou os ensinamentos e a luz do Santo Daime na expansão e continuidade de seu trabalho. Cada um destes seguimentos se desenvolveu independentemente, guardando os fundamentos e peculiaridades de suas raízes, e conservando o respeito, a reverência e a amizade entre si, que selam e consagram sua união espiritual.

Agradecemos a proteção e guia dos Orixás e todos os seres divinos, nossos guias, que nos abençoaram nesta realização.

Agradecemos a proteção e apoio recebido do Padrinho Manoel Corrente, que reverenciamos como guardião desta aliança.

Agradecemos o apoio recebido pelo comando da nossa doutrina no suporte espiritual para a realização deste trabalho através da afirmação desta aliança.

Agradecemos à equipe que trabalhou incansável e voluntariamente, e a todas as pessoas que, das mais diversas formas, contribuíram no ancoramento desta realização.

Ressaltamos a importância de ter podido contar com a parceria de membros oficiais da casa do Caboclo Tupinambá, na gravação dos áudios. Este fato representou uma reafirmação do selamento desta aliança espiritual.

Maria Alice Campos Freire