Iansã

Iansã

Iansã, por Marcelo Ment e Viuller Bernardo

Mamãe dos Ventos, senhora dos raios e das tempestades, ela apresenta a face feminina da justiça divina. O seu trabalho é fazer a limpeza radical, varrer as trevas, para deixar livre o canal de comunicação com a fonte divina de onde emana a lei. Seu fundamento está diretamente vinculado a Xangô, ao verbo, à palavra da lei divina. Seus raios é que abrem caminho para a manifestação da voz do trovão. Seu elemento é o ar. Ela é intrépida e expansiva. Com a rapidez e a firmeza dos raios, ela leva o seu vento varredor aos mais longínquos pontos de todas as direções do universo, realizando a purificação da palavra, sintonizando no significado original e manifestando a consciência do sagrado.

Iansã é Mãe Guerreira, ela vence obstáculos e empunha a bandeira da luz. Em meio à grande tormenta, ela revela só o brilho do cristal.
No livro dos mistérios dos Orixás está escrito que Mamãe Iansã é quem domina o segredo do tempo.

Canalizado por Maria Alice Campos Freire,
ditado pela Preta Velha Rosa Maria Baiana


FICHA TÉCNICA _ PROJETO DE GRAVAÇÃO UMBANDAIME MATRIZ

CANTO: Rita Silveira, Júlia Freire de Medeiros, Luísa Failace, Elvira Melo
Participação: Marcelo Bernardes, Alcineide G. de Oliveira, Sabá Tuk, Janaína Jaaya, Míriam Maria,
ATABAQUES (Rum Rumpi, Le): Sabá Tuk, Marcelo Bernardes
AGOGÔ: Valerinho Xavier, Sabá Tuk e Marcelo Bernardes
DIREÇÃO MUSICAL (coordenação no estúdio): Marcelo Bernardes
ESTÚDIO: Gravado, mixado e masterizado no Feedback Studio / Brasília por Valerinho Xavier
Participação: Mauricio Barreto – Estúdio Escola Música Livre / Lumiar Nova Friburgo
EDIÇÃO (gravações): Júlia Freire de Medeiros, Valerinho Xavier
ARTE DA CAPA: Marcelo Ment e Viuller Bernardo